Python

TLDR: Executando comandos em multiplos hosts com Fabric

Publicado em

TLDR: Executando comandos em multiplos hosts com Fabric Me perguntaram como realizar uma conexão ssh em um servidor para rodar o comando df -h que mostra o uso de disco da máquina. Logo depois descobri que a dúvida se estendia a como fazer isso em vários servidores. A resposta me veio rápido na mente, e junto com ela a ideia de documentar estas coisas, o que me trouxe ao começo desta série de postagens curtas carinhosamente batizada de TLDR, que é a abreviação de Too Long Didn`t Read ou, em português, Muito longo, não li.

Separando o Frontend do Backend com Angular e Django

Publicado em

Separando o Frontend do Backend com Angular e Django No mundo do desenvolvimento web as coisas vem evoluindo muito rápido e crescendo em complexidade em um ritmo intenso. Aquele modelo antigo de criação de sites onde tinamos o webmaster que dominava o html e logava no servidor para atualiza uma página é algo cada vez mais raro de se ver. Até para criar sites estáticos estamos utilizando ferramentas para agilizar nosso trabalho. Nos últimos anos tivemos um crescimento expressivo dos frameworks javascript e uma grande evolução do frontend como um todo, e estas novas tecnologias possuem ferramentas e fluxos de desenvolvimento próprios, o que vem tornando mais oneroso para um sistema só entregar o backend e o frontend.

Desbravando o pygame 4 - Game of Life

Publicado em

Desbravando o pygame 4 - Game of Life A um tempo atrás eu fiz uma postagem sobre como organizar um coding dojo publicada logo após um dojo de aniversário da comunidade python aqui do DF no qual eu preparei o desafio de implementar o jogo da vida (game of life) do matemático John Horton Conway. Para deixar este desafio mais interativo preparei um simulador visual com pygame para testar nossa implementação. Este simulador utiliza de todos os conceitos que vimos até agora nesta série e aproveitando o interesse que ressurgiu no Grupy-DF sobre o assunto decidi reforçar os tópicos até então apresentados com a demonstração desta implementação.

Desbravando o pygame 3 - Game Loop

Publicado em

Desbravando o pygame 3 - Game Loop Agora que sabemos como desenhar na tela (postagem anterior) seria interessante que nosso jogo ficasse rodando até que alguém o feche. Para isso vamos utilizar um dos fundamentos do desenvolvimento de jogos que é o Game Loop. Conceito Dentro da computação o conceito de ciclo é bastante recorrente, trata-se de uma sequência de ações e tomadas de decisão programadas que se repetem dentro de um laço de repetição (ou loop). No baixo nível temos o processador do computador que trabalha em ciclos de operações aritméticas gerenciadas pelo clock, em sistemas operacionais o ciclo é quem gerencia o tempo de uso do processador, o dividindo entre todas as aplicações do sistema além de verificar se o usuário realizou algum comando, em servidores web usamos um ciclo para verificar se alguém requisitou uma página que será processada e devolvida em forma de resposta.

Desbravando o pygame 2 - Desenhando na Tela

Publicado em

Desbravando o pygame 2 -  Desenhando na Tela Ao longo de um jogo estamos constantemente desenhando na tela. E agora que já sabemos criar um programa em pygame é hora de começar a desenhar. Plano de desenho Voltando nas aulas de matemática do ensino fundamental fomos apresentados ao plano cartesiano. O plano cartesiano e um espaço bidimensional orientado pelos eixos x e y onde x aumenta para o lado direito e diminui para o lado esquerdo enquanto y aumenta para cima e diminui para baixo:

Desbravando o pygame 1 - Conhecendo a Biblioteca

Publicado em

Desbravando o pygame 1 - Conhecendo a Biblioteca Desenvolver jogos é um lugar comum dentre muitas das pessoas que começam a estudar programação. Comigo não foi diferente, mesmo não seguindo a carreira de desenvolvimento de jogos esta sempre foi uma área que me chamou a atenção. Estou criando esta série para aprender mais sobre desenvolvimento de jogos utilizando como ferramenta o pygame e para compartilhar minhas descobertas no processo. Irei desbrava-lo partindo de seus princípios básicos até a criação de um pequeno jogo pong single player.

Coding Dojo 101

Publicado em

Coding Dojo 101 Meu primeiro Coding Dojo aconteceu próximo ao meu primeiro contato com a linguagem Python na faculdade. Um colega de classe (Dirley) tinha acabado de voltar da Python Brasil muito animado, pois tinha visto uma palestra sobre o tema e queria colocar em prática com o pessoal da turma. Aquele dia foi muito divertido e talvez um dos mais importantes momentos que me levaram a mergulhar de cabeça na linguagem Python.

GitHub Pages com Pelican e Travis-CI

Publicado em

GitHub Pages com Pelican e Travis-CI Publicado originalmente em: df.python.org.br/blog/github-pages-com-pelican-e-travis-ci Estou fazendo esta postagem para ajudar quem quer criar seu site no GitHub Pages usando Pelican para a criação das páginas e o Travis-CI para automatizar a tarefa de geração e publicação. Este guia assume que o leitor possua conta no GitHub e no Travis-CI e tenha familiaridade com o ambiente python. A versão do pelican utilizada ao elaborar esta publicação foi a 3.6. O GitHub Pages O GitHub Pages é uma funcionalidade gratuita do GitHub para hospedar conteúdo estático (html, css, js e imagens) e publicar através de um sub-domínio de github.

Relacionamentos ManyToMany genéricos com Django

Publicado em

Relacionamentos ManyToMany genéricos com Django A documentação oficial do django cobre muito bem sua funcionalidade de relacionamento genérico na cardinalidade OneToMany (um para muitos ou 1:N), porém, quando é preciso implementar um relacionamento genérico de ManyToMany (muitos para muitos ou N:N) não há muita documentação a respeito. Recentemente, precisei implementar um N:N com um lado genérico, e encontrei uma biblioteca chamada django-gm2m que me foi muito útil nesta tarefa, e vou descrever aqui dando dicas de como implementar evitando possíveis dores de cabeça.

Sites Estáticos com Lektor

Publicado em

Sites Estáticos com Lektor Faz pelo menos 4 anos que eu ensaio montar um blog, e neste período já criei alguns para a comunidade, mas quando chegava a hora de criar o meu nunca conseguia chegar ao ponto de publicar. Usando ferramentas como o WordPress o problema era a dificuldade de customização e a quantidade de ferramentas e padrões que eu nunca iria usar, além é claro, de não ser Python. Em seguida com o GitHub Pages eu descobri o Pelican por indicação do Magnun Leno e comecei a fazer muita coisa com ele, mas da mesma forma com que eu ganhei em liberdade de customização, o processo autoral era o mesmo do desenvolvimento o que em um primeiro momento parece legal não é mesmo?